sexta-feira, 14 de abril de 2017

Página de Social



Este ano completo 20 anos de diagramação. Acho que cheguei em um ponto na minha carreira em que posso fugir dos padrões tradicionais e ousar. Por isso resolvi criar um layout diferente para a página social. Já fiz uma ampulheta com o texto dentro, o texto descendo em forma de escada, a foto abrangendo mais da metade da página. E na de ontem, coloquei os colunáveis em escotilhas, no navio que foram conhecer. Modéstia à parte, acho que estamos fazendo uma coluna social inovadora, atual com os novos tempos do jornalismo impresso, diferente de tudo o que foi feito. Já diagramei colunas sociais da Tereza Bueno Wolf, Emanuel Leon, João Carlos Moraes de Camargo, Luiz Alca de Sant'anna. Mas nada se compara ao que Vera Leon faz em sua página diária. Não é apenas coluna social. É jornalismo social, jornalismo puro. Tem informação, tem conteúdo, tem análise, tem opinião. É uma página daquelas de causar inveja a Ibrahim Sued e Zózimo Barroso do Amaral. Os textos dela, aliados às imagens de José Luiz Borges, são um convite e um desafio a esse diagramador que vos escreve. E nessa página, do navio, apesar de ouvir, no momento em que confeccionava a página, comentários do tipo "vc está brincando que vai sair assim" e "isso não é página social", segui meus instintos. Jamais agradaremos a gregos e troianos. Mas querem saber: EU GOSTEI MUITÍSSIMO DO RESULTADO.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Designer refaz o livro de receitas da mãe e o resultado ativa as habilidades na cozinha de qualquer um

Da redação do site Hypeness.

Há o charme da história e do tempo que em um velho caderno de receitas, rabiscado e com as páginas caindo, carrega. Mas a funcionalidade que o design traz pode salvar aquilo que há de mais fundamental em um desses cadernos: o conteúdo. Por mais charmoso que seja um velho caderno, o mais importante são mesmo as receitas. Foi pensando nisso que um designer usuário do Reddit publicou a reforma que ele operou no caderno de receitas de sua mãe.
Sem avisar nada, o usuário TheNolder copiou detalhadamente as receitas, organizou imagens para ilustrar a publicação, e presenteou sua mãe com uma versão profissional das receitas que ela anotou e preparou ao longo da vida. O resultado é um verdeiro livro, capaz de deixar grandes chefs do mundo com uma saborosa inveja.










quarta-feira, 15 de março de 2017

Algumas páginas

Algumas páginas criadas por mim recentemente:

QUEBRA-CABEÇAS:
A página fala sobre o passatempo que conquista crianças e adultos: a montagem das peças de um quebra-cabeças. É uma página simples. O diferencial foi a ideia de deixar espaços em branco dentro das fotos, no formato das peças, como se esse quebra-cabeças ainda não estivesse terminado, não estivesse montado.



PRÓXIMA PARADA:
Um layout simples, bem ao estilo dos anos 60, para marcar a página sobre os 50 an os de lançamento do primeiro disco do grupo The Doors.


Simples também o layout para a página sobre o artista ícone da pop art Andy Warhol. A simplicidade está na utilização da famosa  gravura Campbell's soup, criada por ele em 1962, como tema principal da página, sendo título e texto aplicados como se fossem o rótulo da lata.



E o terceiro foi sobre o filme Logan. Usei o conceito das garras rasgando a página para criar esse layout, brincando até com o selo de identidade da série, que foi cortado pela garra de Wolverine.


ERA UMA VEZ...SANTOS:
Para  a página sobre o bloco Banho da Dona Dorotea, que animava os antigos carnavais santistas, a concepção foi a de um livo antigo, onde a história do bloco estivesse sendo contada. Para isso, usei um background de página antiga, amarelada. E para a ideia funcionar melhor, deixei o layout na horizontal. Com isso, o leitor tinha de virar a página para ler o texto, como em um livro mesmo.





terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Trabalhos

Algumas páginas criadas nestes últimos dias. 







Série Dica de Turismo

Neste começo de ano, a região da Baixada Santista recebe turistas de todos os cantos do País, em busca de nossas praias e de momentos de lazer. E para mostrar as belezas e atrações das cidades da região, o jornal A Tribuna publicou a série Dica de Turismo, onde, em cada edição, um ponto turístico das cidades da Baixada é apresentado ao leitor.

A primeira página da série foi sobre o Orquidário Municipal. E quando o material chegou em minhas mãos, logo pensei em criar um layout diferenciado, abusando das imagens disponíveis.
Para isso, usei a foto da fachada do parque, ampliando o céu azul e nele, aplicando o texto e demais fotos. Para criar algo mais especial, recortei algumas das imagens, criando um layout mais moderno.

Essa foi a linha seguida nas demais páginas da série. Isso, sempre que possível, pois nem sempre dava para criar algo devido aos anúncios que estavam na página.

Abaixo, algumas das páginas criadas para a série Dica de Turismo.










segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Algumas páginas deste início de ano

Ano novo, vida nova.
A já tradicional frase de começo de um novo ano caiu como uma luva para mim. Deixei de lado as angústias, o pessimismo, a desmotivação e a mesmice, e procurei dar um ânimo novo aos meus trabalhos. Com isso, neste início de janeiro, consegui criar algumas páginas bacanas.

Começando com a série Dica de Turismo, onde um ponto turístico da região é destaque na edição. Foram quatro. O Orquidário, o Aquário, o Emissário Submarino e o Museu Pelé. Todos com um layout diferenciado, valorizando as imagens e dando uma 'quebrada' nas edições.






Teve ainda o Próximo Parada, onde procurei criar um layout mais gráfico, limpo, sóbrio. O texto aplicado sobre um grande 'V', como referência ao livro tema da página (O Voyer, de Gay Talese), e olho colocado dentro deste V e os espaços vazios, deram o tom da criação.


E a série Era uma vez...Santos, que narra fatos passados em outros tempos na cidade de Santos, relembrou a explosão de um gasômetro ha 50 anos. Para esse layout, utilizei as imagens antigas margeando a página e, ao centro, o que seria uma espécie de buraco causado por uma explosão, deixando as bordas desse buraco queimadas. Com isso, o texto foi aplicado ali, para não causar dificuldades na leitura.



Vamos ver o que vem por aí. O ano, está apenas começando.

sábado, 31 de dezembro de 2016

As últimas primeiras páginas do ano

E 2016 chegou ao fim. 2017 é o ano da esperança, principalmente para os jornais impressos. Vamos ver o que acontece. Enquanto isso, aqui as últimas páginas de 2016 de alguns jornais brasileiros.
Até o ano que vem.